terça-feira, 11 de novembro de 2014

História do Santuário da Assunção - Taquari - RS - Brasil



Nossa caminhada com Maria

A comunidade de Nossa Senhora da Assunção foi fundada, oficialmente, em 15 de agosto de 1957, com a inauguração da 1ª igreja, com 36m2.

No dia 24 de março de 1988, junto a uma árvore denominada “chá-de-bugre”, o menino Volnei Quadros da Silva, 11 anos, teve a primeira visão de Nossa Senhora.

No dia 25 de março, 6ª-feira, dia em que a Igrejá comemora a Anunciação do Senhor, alguns meninos e jovens tiveram a visão de Nossa Senhora, que assim se apresentou: “Sou Nossa Senhora da Assunção. Quero o bem de todos. Quero a paz entre os homens. Busquem a minha imagem em Taquari, aqui é o meu lugar”. A comunidade levara a imagem para a procissão de S. José na cidade).

 No dia 26 de março, sábado, Nossa Senhora fez o pedido: “Que os homens entrem todos na Igreja. Que haja mais união nas famílias”.

No dia 27 de março, domingo de Ramos, a pedido de Nossa Senhora, as crianças e os jovens ficaram a noite toda na igreja. Ela disse: “Quero que tragam as crianças para a igreja porque vou estar com elas. É preciso muita oração...”

No dia 29 de março de 1988, Nossa Senhora, junto à árvore em que aparecera, pede: ”Quero que protejam a árvore e a natureza”.

No dia 31 de março, 5ª-feira Santa, à tarde, os videntes, fora e dentro da igreja, sentiram a presença negativa do mal, que rondava o local e que estava querendo invadir seus corações. A certeza da presença da Virgem Maria acendeu uma “chama” em muitos corações e mostrou que começara uma árdua batalha.

 Foi neste dia que se começou a usar o terço como sinal de devoção à Nossa Senhora e a cruz como proteção e libertação. A oração do Rosário nos revestiria com a força do Espírito de Deus, o amor. A partir daí se começou a rezar o Rosário, diariamente, na igreja.

No dia 02 de abril, sábado de aleluia, o fato mais significativo e comum a todas as pessoas presentes, mais de duas mil, foi o fenômeno do sol. Diziam: “o sol parecia estar pulsando e começou a girar. O sol mudava de cor. O sol podia ser visto sem ofender a vista... Foi como presenciar, através de uma abertura, as belezas infindas que Deus preparou para nós no céu...”

Estas pessoas experimentaram uma alegria toda especial, como se uma chuva de paz tivesse sido derramada sobre todas. Foi nesse dia que nasceu o clamor por vida nova, mundo novo, homem novo...


No dia 15 de agosto de 1988, Nossa Senhora se comunicou com o menino Alex pela última vez: “Que todos sejam uma só família em oração, para que haja a conversão de todos”.

A partir de maio de 1988, Nossa Senhora se comunica através de uma comunhão mais profunda, interior. As manifestações aqui não estão centralizadas em pessoas, nem em Maria, embora Ela precise de um corpo, de um coração, de uma vida que seja instrumento pelo qual a vontade do Pai chegue ao conhecimento de seus filhos através de escritos...Os sinais externos foram importantes no início da caminhada: “Chegará um tempo em que esses sinais já não falarão muito porque Jesus Cristo será o grande Sinal permanente...” Este é o desejo de Nossa Senhora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário